Área do Aluno

Avaliação Multidimensional

Avaliação Multidimensional 2020-05-13T10:49:21-03:00

Project Description

  SERVIÇO DE REFERÊNCIA

Saúde

  APAE REFERÊNCIA

Itabirito

  FALE CONOSCO

SOLICITAR TREINAMENTO

  INFORMAÇÕES GERAIS

Apresentação:

O serviço de diagnóstico da APAE de Itabirito é realizado pelo CER Itabirito que segue os princípios do SUS. Realiza acolhimento humanizado, projeto terapêutico singular (PTS), trabalho em rede, realizando reuniões de equipe, discussões de casos. Busca realizar ou promover serviços e ações com efetividade, garantindo o acesso de modo a prover o cuidado; realiza a intervenção com eficiência e respeito, investe na capacitação e aprimoramento da equipe técnica e no empoderamento da família e da pessoa com deficiência. Dentro dos protocolos , realiza a avaliação multidimensional , aplicação da CIF para a melhor assistência da pessoa com deficiência.

Conceitos:

  • Pessoa com deficiência intelectual;
  • Avaliação Multidimensional porta de entrada;
  • Deliberações/portarias
  • Perspectiva biopsicossocial;
  • Intensidade dos apoios

Metodologia:

  1. Apresentação o serviço e equipe do CER Itabirito;
  2. Distribuição de material com o modelo de avaliação multidimensional – disponibilizado em apostila e em CD.
  3. Escuta da experiência dos profissionais no trabalho com a Pessoa com deficiência e um levantamento dos parceiros visitantes (cada um fala um pouco de sua realidade, se aplica a avaliação multidimensional e como o faz… );
  4. Estudo teórico dos conceitos aplicados na avaliação multidimensional;
  5. Orientação sobre os protocolos utilizados nas áreas cognitivas e adaptativas.( dividir em grupos de profissionais por especialidade para compreender os protocolos de investigação);
  6. Esclarecimento de dúvidas ;
  7. Estudo de caso com aplicação dos conceitos em cada área com enfoque nas áreas e atividades de apoio de modo a perceber a importância do protocolo de Avaliação multidimensional e a sua contribuição para melhorar a capacidade funcional da pessoa com deficiência ( tanto para ela quanto para a família);
  8. Estabelecer a correlação com o PDI e com projeto terapêutico singular;
  9. Elaboração e Preenchimento do plano de metas com cada APAE participante;
  10. Preenchimento da avaliação da capacitação;
  11. Considerações finais.
  • Cofee break ofertado pela APAE Itabirito,
  • Horário de almoço combinado com os visitantes.
  • Início: Pontualmente às 8h
  • Término: às 16h

Prática do treinamento:

Será feito um estudo de caso

Estudo teórico:

  • Estudo da Definição de Deficiência Intelectual, Transtornos Globais do Desenvolvimento e outros transtornos de aprendizagem (diagnóstico diferencial);
  • Definição da Avaliação Multidimensional, parâmetros, elementos, instrumentos como forma de avaliação inclusiva ; consideração em relação às potencialidades e dificuldades que a pessoa apresenta em cada uma das dimensões discriminadas abaixo : Dimensão I: Habilidades Intelectuais ; Dimensão II: Comportamento Adaptativo ; Dimensão III: Participação, Interações, Papéis Sociais; Dimensão IV: Saúde; Dimensão V: Contexto Social.
  • Abordagem sobre a importância da convivência familiar e comunitária na aprendizagem escolar abordando as parcerias de rede

Avaliação diagnóstico do CER

  • Apresentação dos protocolos utilizados e equipes de referencia do CER Itabirito. Cada área utiliza instrumentos próprios para contribuir com a investigação da deficiência intelectual
  • Distribuição das etapas de avaliação e profissionais envolvidos do CER Itabirito:
  • Acolhimento / Anamnese: Psicologia / Assistente Social; (profissional de referencia existente na Apae)
  • Habilidades Intelectuais: Psicologia
  • Comportamento Adaptativo: Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Pedagogia;
  • Participação, Interações, Papéis Sociais e Saúde e Contexto Social : Assistente Social (Equipe multidisciplinar)
  • Assim que é diagnosticada a deficiência intelectual , a equipe de referencia preenche a avaliação multidimensional apresentando os apoios necessários.
  • Elaboração do Relatório e devolutiva aos pais e aos serviço solicitante do diagnóstico.
  • Estabelecer a correlação com o PDI (para APAE /para a rede) e com o projeto terapêutico singular (se elegível para o serviço).
  • Encaminhamentos à equipe do CER multidisciplinar para habilitação e ou reabilitação, e os demais casos não elegíveis ao serviço serão reencaminhados à rede
  • Construção da proposta adequada à sua realidade.

Reflexão e a discussão final para construção do plano e metas

Os resultados dos elementos investigados nas cinco dimensões são consolidados em três instrumentos finais que buscam resumir os achados do processo avaliativo: a Avaliação Multidimensional de Deficiência Intelectual, a Síntese de Avaliação Multidisciplinar e o Programa Terapêutico Individualizado.

Detectar a deficiência e compreender o contexto em que está inserida é fundamental para conduzir os apoios necessários que estimulem a autonomia da pessoa com deficiência. Um caminho proposto para isso é a atuação de uma equipe interdisciplinar na condução da investigação diagnóstica e da proposta terapêutica da deficiência intelectual.

Após esta sensibilização da equipe e despertá-las para a importância da aplicação criteriosa da  Avaliação Multidimensional e o quanto ela contribui para  melhorar a capacidade funcional da pessoa com Deficiência, apontando os pontos fortes e fracos a serem trabalhados, as áreas vulneráveis , será construído em conjunto com os visitantes o plano de metas para implementação da proposta na APAE de origem .

A APAE deverá adequar a proposta à sua realidade .

Dia e horário do treinamento

O treinamento ocorrerá em um dia a cada três meses.

Quantas pessoas no mínimo e/ou máximo devem participar do treinamento:

Máximo de 10 pessoas,  ou,  02 equipes com 5 profissionais de especialidades diferentes; ou uma equipe mínima composta por no mínimo três dos profissionais de referência, se possível o coordenador do serviço.

Tempo necessário para o treinamento:

8h (manhã e tarde)

Quais profissionais devem participar do treinamento:

Fonoaudiólogo, Terapeuta Ocupacional, Psicólogo, Assistente Social e Pedagoga. Devem obrigatoriamente compor a equipe diagnóstica de referência da APAE solicitante.