Sobre a Revista

Foco e Escopo

 A revista Vozes para Transformar é uma publicação anual de artigos orais, cujos autores são pessoas com deficiência intelectual e múltipla. Os artigos abordam temas importantes sobre as histórias de vida dessas pessoas, retratando suas experiências e a realidade em que vivem nas diversas esferas da sociedade.

Metodologia

A proposta desta revista surgiu a partir da demanda de pessoas em situação de deficiência, que desejavam publicar artigos no site do Instituto de Ensino e Pesquisa Darci Barbosa (IEP-MG).  Foram, no entanto, identificadas muitas dificuldades na publicação desses artigos, principalmente em decorrência da necessidade de atender às normas de escrita. Esta experiência provocou uma reflexão da equipe do IEP/MG acerca da melhor forma de incluir as pessoas em situação de deficiência na produção de conhecimento.  Apesar da escrita ser a maneira mais conhecida no meio acadêmico, ela não é a única forma de produção de conhecimento. A comunicação oral e por imagens já vem sendo utilizada largamente na apresentação de trabalhos em congressos, conferências e outros eventos acadêmicos. A partir dessas reflexões, foi estabelecida uma nova forma de publicação, que atenderia melhor aos anseios de participação desse público: uma revista com artigos orais, gravados em vídeos.

De acordo com o historiador Joan de Alcázar Garrido, o uso de fontes orais nos permite aprofundar na história de grupos sociais que, por diversos motivos, foram marginalizados ou excluídos das fontes documentais escritas. As fontes orais também possibilitam a percepção do processo histórico, feita por indivíduos concretos.

Nesta perspectiva, são as autoras e autores que fazem a reflexão sobre o tema, discorrendo sobre as questões que julgam relevantes em suas trajetórias. A partir disso, delimitam a temática do artigo.

Os artigos orais da revista seguem a seguinte estrutura: introdução, desenvolvimento do tema e considerações finais.

Na introdução, as autoras e autores se apresentam e colocam a temática que será abordada no artigo, sempre a partir de suas trajetórias de vida. Nesta parte, apresentam informações que ajudam as espectadoras e espectadores a entenderem o contexto em que vivem.

No desenvolvimento, a temática é aprofundada, com base nas vivências e perspectivas de cada autor ou autora. Nesta parte, estes apresentam detalhes sobre episódios de suas vidas, que servem de base para as reflexões sobre o tema desenvolvido.

Por fim, nas considerações finais, as autoras e autores apresentam uma breve conclusão do artigo, fazendo um balanço sobre a temática com base no que viveram e mostrando como suas experiências contribuíram para serem quem são hoje.

Os vídeos serão gravados nas dependências do IEP-MG, com apoio dos editores executivos. Os artigos serão editados pela equipe de produção audiovisual, que irá incluir legendas e as janelas em Libras.

Processo de Avaliação 

  • Os artigos orais serão submetidos à aprovação dos editores científicos e editores assistentes.
  • No sumário, a sequência de artigos obedecerá à ordem alfabética de sobrenomes de autoras e autores, caso não tenha sido definida outra ordem pelos editores científicos responsáveis.
  • Os vídeos dos artigos selecionados serão publicados na língua portuguesa.
  • A revista se reserva o direito de efetuar alterações de ordem normativa, ortográfica e gramatical nos vídeos originais, com vistas a manter o padrão culto da língua, respeitado o estilo do autor. As provas finais não serão devolvidas aos autores.
  • Os trabalhos publicados passam a ser propriedade da revista. Deve ser consignada sempre a fonte da publicação original.
  • Não serão cobradas taxas de submissão, avaliação ou editoração.
  • As informações emitidas nos artigos são de responsabilidade exclusiva de suas autoras e autores.
  • A revista classificará as submissões avaliadas, de acordo com as seguintes seções:
  • Artigos: a seção engloba artigos orais que contenham relatos de experiência a partir das histórias de vida das pessoas com deficiência intelectual e múltipla, respeitando o protagonismo destes sujeitos.

Periodicidade

A revista Vozes para Transformar é anual, sendo publicada no período de julho a dezembro.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, adotando o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização do conhecimento.

Não são cobradas taxas de assinatura.